Renato Roxinho oficializa pré-candidatura a prefeito de SFI no Manchete Podcast

Renato Roxinho oficializa pré-candidatura a prefeito de SFI no Manchete Podcast
  • Publishedabril 3, 2023

O vereador Renato Roxinho (SD) é o primeiro pré-candidato declarado a prefeito de São Francisco de Itabapoana. A um ano e meio das urnas, a confirmação foi feita nesta segunda-feira (03), no Manchete Podcast (veja à íntegra no fim do post). Atualmente na base da prefeita Francimara Barbosa Lemos (SD), ele afirma que sua decisão estava tomada desde 2019, quando era secretário de Agricultura e colocou, mais uma vez, seu nome na disputa a uma cadeira na Câmara:

— Sempre deixei muito claro para o meu pessoal, e até para o próprio grupo político, que eu não queria um segundo mandato de vereador. Eu gostaria de ser candidato a prefeito em 2024, até porque Francimara não pode ser candidata. Se ela pudesse, com certeza, eu não seria candidato. Seria muito difícil concorrer contra ela, que tem um carisma muito grande, uma liderança muito forte no grupo. Se for da vontade de Deus e da vontade do povo, vou colocar meu nome à disposição em 2024.

100

Renato pontuou que a prefeita ainda não sinalizou claramente qual será o seu candidato à sucessão. Ressaltou ser do “grupo, aliado, amigo, fiel” e disse que seria hipócrita da sua parte se afirmasse que não queria ter o apoio dela. No entanto, observou que existem outros nomes da base que possam pleitear tal apoio e que ainda não se sabe qual será o critério que Francimara adotará para escolha. Com elogios à gestão da prefeita, diz acreditar que se o próximo prefeito não for o do grupo que eles fazem parte, há risco de a cidade retroceder.

E para a disputa do próximo ano, Renato também deve mudar não só de cargo pleiteado, mas também de partido. União Brasil e Republicanos são as prováveis legendas, a depender ainda de composições, a um ano e meio das urnas.

Na entrevista, Renato ainda fala sobre o histórico da família na política de São Francisco. Desde quando o município ainda era o antigo sertão de São João da Barra. O pai dele, Manoel Roxinho, se elegeu vereador pela primeira vez em 1966. Venceu a disputa para vice-prefeito da cidade na chapa encabeçada por Genecy Mendonça, o Dodozinho, em 1976. De volta à Câmara entre 1983 e 1988, foi presidente do Legislativo sanjoanense no biênio 1985/86.

Renato ainda citou um irmão, o Junior, que fez parte da última composição da Câmara de SJB (eleita em 1992) antes da emancipação e da primeira composição do Legislativo de São Francisco de Itabapoana, eleita em 1996. Ainda sobre eleição, lembrou a de 2016, na qual ficou entre os mais votados, mas não levou o mandato por uma situação atípica: na ocasião, pelo PMDB, ele e Caboclo fizeram 826 votos — a cadeira ficou, então, com o candidato mais experiente. Em 2018, Roxinho chegou a disputar como deputado estadual, recebendo, na ocasião sem o apoio da máquina, 25% dos votos de SFI.

Confira a íntegra da entrevista:

About The Author

3 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *