Marquinho do Transporte passa a integrar a base do governo Wladimir

Marquinho do Transporte passa a integrar a base do governo Wladimir
  • Publishedsetembro 18, 2023

O rearranjo de forças na Câmara de Campos teve mais um capítulo nesta segunda-feira (18). O vereador Marquinho do Transporte (PDT), vice-presidente da Casa, passou a integrar a base do governo Wladimir Garotinho (sem partido). Sem muitos detalhes, a informação foi confirmada pelo próprio vereador. “Abracei o prefeito, vamos caminhar juntos”.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Wladimir mostrou que recebeu Marquinho do Transporte no seu gabinete e informou que ele faz parte da base. “Veio me pedir especialmente pelo interior de Campos, pela região de Ibitioca, Serrrinha, Imbé, Conceição do Imbé, enfim, uma região onde ele milita politicamente, tem seus amigos. Estou aqui com ele dizendo que nós vamos atender aos seus pedidos. E que hoje ele faz parte oficialmente da base do governo na Câmara. Obrigado pela confiança, vereador”, disse o prefeito.

100

Na sequência do vídeo publicado nas redes sociais, Marquinho se colocou à disposição do prefeito, confirmando a aliança. “Agradeço ao convite do prefeito. Aceitei vir para cá pelo atendimento de Pedra Negra, da estrada bonita que ele está fazendo lá. Muito obrigado, prefeito, por ter atendido mais uma vez o meu pedido e estou à sua disposição”, afirmou o vereador, acrescentando que a população da região vai querer receber Wladimir e anunciando mais uma novidade para a sua região: “Ibitioca, a UBS de Ibitioca vem aí. (O prefeito) acabou de confirmar comigo aqui”.

Wladimir amplia a base

Com a chegada de Marquinho e o recente retorno de Abdu Neme (Avante), a base do governo Wladimir Garotinho na Câmara passa a ter integrantes. É o maior número de aliados, desde a votação do pacote de medidas enviados pelo governo em 2021 — e que gerou a cisão na base.

Com um acordo de pacificação em vigor, Wladimir conseguiu trazer para o seu grupo nos últimos meses três nomes que votaram em Marquinho Bacellar (SD) para presidente da Câmara neste biênio: além de Marquinho do Transporte e Abdu Neme, também foi para a base Nildo Cardoso.

O resultado desse rearranjo — e se isso vai impactar na pacificação — será observado nos discursos da sessão do Legislativo desta terça-feira (19).

Na base do governo, além de Abdu, Marquinho e Nildo, estão os vereadores Álvaro Oliveira (PSD), Bruno Pezão (PL), Cabo Alonsimar (Podemos), Edson Batista (Pros), Fred Rangel (PSD), Juninho Virgílio (União), Kassiano Tavares (PSD), Marcione da Farmácia (União), Pastor Marcos Elias (PSC), Paulo Arantes (PDT) e Silvinho Martins (MDB).

No bloco de oposição/independentes, com Marquinho Bacellar estão Anderson de Matos (Republicanos), Bruno Vianna (PSD), Dandinho de Rio Preto (PSD), Fred Machado (Cidadania), Helinho Nahim (Agir), Igor Pereira (SD), Luciano Rio Lu (PDT), Maicon Cruz (sem partido) Raphael Thuin (PTB) e Rogério Matoso (União).

About The Author