Marcelo Mérida volta ao governo Wladimir como secretário de Qualificação e Emprego

Marcelo Mérida volta ao governo Wladimir como secretário de Qualificação e Emprego
  • Publishednovembro 7, 2023

O prefeito Wladimir Garotinho (PP) nomeou o empresário Marcelo Mérida para o comando da secretaria de Qualificação e Emprego. A portaria foi publicada nessa segunda-feira (06), com validade a contar a partir desta quarta-feira (08), tornando sem efeito a nomeação interina de Felipe Knust. Titular da pasta de Desenvolvimento Econômico e Turismo no início da gestão Wladimir, Mérida deixou o governo para ser candidato a deputado federal no último ano. Não foi candidato e sua filiação ao União Brasil, que chegou a homologar sua candidatura, gerou um conflito interno no clã Garotinho. A possível candidatura do secretário tinha o aval do prefeito, mas contrariava os planos de Anthony e Clarissa Garotinho para aquele pleito, o que gerou uma briga que também foi comprada por Rosinha.

Marcelo Mérida, além do cargo no governo Wladimir, foi secretário na gestão Rosinha Garotinho, além de já ter sido vice-prefeito de Italva. O empresário já presidiu a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos e também já foi presidente Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Rio de Janeiro.

100

A secretaria de Qualificação e Emprego tinha como secretário Robson da Silva Barboza, conhecido como Robinho Pedala. Ele era ligado ao vereador Helinho Nahim e a pasta, como se tornou público posteriormente, era toda ocupada por indicados da oposição. O movimento fazia parte do acordo de pacificação, que chegou ao fim no município.

O blog tentou contato com o novo titular da pasta, mas não teve retorno até o momento da publicação.

Impasse em 2022 — A filiação de Mérida ao União ocorreu sem o aval do pai do prefeito, que não gostou nada de saber que a entrada do empresário no partido foi articulada pelo filho. Garotinho pretendia ser candidato a governador, acabou pedindo o registro para deputado federal, mas teve a candidatura indeferida. Mérida ficou fora do processo. Garotinho escolheu o vereador Juninho Virgílio (União) como substituto, enquanto Clarissa brigou por uma cadeira no Senado. Como saldo, o clã Garotinho não teve vencedor em 2022 e Campos ficou sem nenhum representante de mandato em Brasília — posteriormente, Caio Vianna, terceiro suplente do PSD, assumiu uma cadeira.

About The Author