Em SFI, oposição tenta costurar candidatura única para enfrentar a máquina

Em SFI, oposição tenta costurar candidatura única para enfrentar a máquina
  • Publishedjulho 12, 2023

Os bastidores da política de São Francisco de Itabapoana continuam movimentados. Enquanto a prefeita Francimara Barbosa Lemos (SD) ainda analisa a chapa que terá o seu apoio, com a promessa de divulgar o nome do pré-candidato a prefeito do grupo até o próximo mês, a oposição também vem costurando a possibilidade de uma candidatura única em 2024. O entendimento de algumas peças da oposição é que a fragmentação só favorece ao candidato da máquina.

Um dos nomes que articulam a possibilidade de chapa única é o do ex-vereador Marcelo Garcia. Candidato a prefeito em 2016, ele lançou como terceira via. E teve votos mais que suficientes para desequilibrar o resultado final — o que não significa que poderia mudar o vencedor do pleito. À época, Francimara bateu o então prefeito Pedrinho Cherene por 113 votos de diferença (12.912 a 12.799). Marcelo, nome da terceira via, teve 2.162 votos. Em 2020 a terceira via também poderia alterar o quadro. Na ocasião, Papinha recebeu 2.054 sufrágios, enquanto Francimara novamente bateu Pedrinho, desta vez por 690 votos de diferença (13.464 a 12.774).

100

Não há como mensurar de forma certeira para qual lado migrariam esses votos da terceira via nas eleições passadas. No entanto, a oposição tenta articular para 2024 a aposta em apenas um nome, para não dividir os votos daqueles que possam querer mudar o grupo que comanda a Prefeitura. Assessor do deputado federal Murillo Gouvêa (União), Marcelo teve uma conversa no último fim de semana com o ex-presidente da Câmara Maxsuel Cocóia. Recentemente (aqui), Cocóia que rompeu com Francimara e se lançou pré-candidato a prefeito. E também já teve alguma conversa com o ex-prefeito Pedrinho Cherene, nome que sempre figura entre possíveis candidatos e sobre qual surgem dúvidas em relação à situação jurídica.

Todos os movimentos ainda são discretos, mas já repercutem na política local. Confirmações de futuras composições só virão, mesmo, em 2024. Até lá, muita água ainda vai rolar na margem esquerda da foz do Paraíba.

Corrida governista

A disputa pela indicação do governo para a sucessão municipal foi antecipada em São Francisco de Itabapoana, o que gerou (aqui) a primeira cisão no governo a 14 meses das urnas. No atual cenário, buscam o apoio de Francimara para disputar a Prefeitura o vice-prefeito Raliston Souza e os vereadores Yara Cinthia, Renato Roxinho e Aroldo Leandro . Em entrevista ao Manchete Podcast (aqui), Francimara afirmou que a decisão do grupo será anunciada entre julho e agosto deste ano.

About The Author

2 Comments

Comments are closed.