Bacellar assume o União e ratifica seu nome entre os mais influentes do RJ

Bacellar assume o União e ratifica seu nome entre os mais influentes do RJ
  • Publishedmarço 15, 2024

O campista Rodrigo Bacellar ratifica o seu nome como um dos mais importantes e influentes políticos da atualidade no cenário carioca e fluminense. Entre a tarde e noite dessa quinta-feira (14), ele reuniu lideranças políticas de diferentes correntes partidárias no ato realizado no Centro de Convenções Expomag, no Rio. Bacellar se filiou e assumiu o comando estadual do União Brasil. O partido terá 46 candidatos a prefeito e mais de 20 a vice no pleito de outubro deste ano.

No palco do evento, políticos do PL ao PT, como deputados estaduais, federais, o governador Cláudio Castro (PL) e o ex-presidente da Alerj André Ceciliano (PT), atual secretário Especial de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais do governo Lula, passando ainda pelo prefeito da capital, Eduardo Paes (PSD). Também marcaram presença lideranças nacionais do União, como o deputado federal Antônio Rueda, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto, além do governador de Goiás, Ronaldo Caiado. E dois ministros de estado: Juscelino Filho, das Comunicações, e Celso Sabino, do Turismo.

100

— Eu olho para trás e só vejo cacique nacional aqui nesse palco, gente que tem muito mais envergadura, experiência, bagagem e mandato. Aí, olho meu pai, que é meu espelho, isso nunca foi escondido para ninguém. É o cara que forjou meu caráter me educou, ainda com saúde aqui podendo presenciar mais um degrau que o filho dele sobe na vida — disse Rodrigo, ao iniciar seu discurso.

Rodrigo ressaltou que a máxima do seu discurso era gratidão e citou a relação com nomes como o deputado federal Áureo (SD), presidente do partido pelo qual ele conquistou seu primeiro mandato, o ex-presidente da Alerj André Ceciliano e o governador Cláudio Castro. “Gratidão porque, através do meu pai, eu trago a máxima do caráter de que palavra não se volta atrás. Apertou a mão, vai até o final, cante o pau na moleira ou não. Esse cara me ensinou que na vida a gente tem que ter lado, doa a quem doer. Ganhando ou perdendo, em cima do muro não se fica. Escolhe um lado e vai. Me perguntaram porque eu achava que fui tão meteórico (sobre a ascensão política”. Eu só posso acreditar que é por conta de caráter e posicionamento.

Da região de Bacellar, nomes como os prefeitos Carla Caputi (São João da Barra), Geane Vincler (Cardoso Moreira), Fátima Pacheco (Quissamã) e Welberth Rezende (Macaé); o deputado federal Murillo Gouvêa (União), e os deputados estaduais Bruno Dauaire (União, atual secretário estadual de Habitação), Carla Machado (PT), Chico Machado (SD) e Thiago Rangel (Podemos). Vale destacar que Caputi e Geane vão disputar a reeleição pelo União Brasil.

Castro, Rueda, a pré-candidata Madeleine e Bacellar, no grande ato no Rio de Janeiro

Vereadores da oposição de Campos e diversas lideranças políticas do Norte e Noroeste Fluminense, da região, entre ele possíveis candidatos pela sigla, marcaram presença. Titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Campos, Madeleine Dykeman foi lançada como candidata a prefeita da cidade pelo União (aqui). Outro pré-candidato a prefeito do município, Jorge Magal também esteve no encontro.

Castro fala sobre aliança com Bacellar

O governador Cláudio Castro quebrou o protocolo do evento, quando alguns grupos chegaram a vaiar menções ao prefeito Eduardo Paes e ao seu aliado Pedro Paulo (PSD). Castro lembrou que as divergências devem ficar para o período eleitoral e que o momento reunia todos que tinham carinho por Bacellar.

No seu discurso, o governador falou sobre a relação de amizade que construiu com o político campista. “Eu e Bacellar temos uma relação que uma hora parece de pai e filho, outra de irmão. A gente briga, briga com os outros, mas tem uma coisa que é certa, sempre vamos nos defender. Nos conhecemos quando eu era vice-governador, e ele se mostrou um cara de muita palavra, desde o início. Tenho muito orgulho da sua trajetória e de falar que sou seu irmão. Eu não tenho dúvida que você é um dos maiores presidentes que a Alerj já teve”, afirmou Castro.

Já o prefeito Eduardo Paes, citou a ascensão meteórica de Bacellar na política. “O Rodrigo Bacellar chegou aqui no Rio igual a um meteoro. Ele chegou chegando e, em quatro anos de mandato, já virou presidente da Alerj e tem ajudado a construir consenso no Estado. Não tenho dúvida de que ele irá continuar comandando por muito tempo a política fluminense, a gente precisa disso”, disse.

Lideranças do cenário nacional também discursam

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, destacou a capacidade do político de Campos em reunir lideranças de diferentes correntes e a habilidade de se tornar uma influente força política no RJ. “O Bacellar é uma liderança que me impressiona desde que cheguei. É impressionante o quanto ele aglutina as pessoas, o quanto ele conseguiu em um curto espaço de tempo ser uma força política tão forte em um Estado como o Rio. Na pesquisa que eu fiz aqui, você chega quase à unanimidade. Pode contar comigo e com o Estado de Goiás”, pontuou Caiado.

Ex-prefeito de Salvador, ACM Neto pontuou a confiança do União Brasil, partido do qual é secretário-geral nacional, no trabalho do presidente da Alerj. “Eu fiz questão de vir aqui hoje para te dar esse abraço e falar que a gente confia e estará com você. O Rio precisa do seu trabalho”.

About The Author