Wladimir e Marquinho chegam a consenso e expectativa é votar a LOA na próxima semana

Wladimir e Marquinho chegam a consenso e expectativa é votar a LOA na próxima semana
  • Publishedjaneiro 18, 2024

Com o intermédio do Ministério Público, prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PP), e o presidente da Câmara, Marquinho Bacellar (SD), chegaram a um consenso, nesta quinta-feira (18), sobre a votação da Lei Orçamentária Anual (LOA). Uma nova reunião, com os 25 vereadores e o prefeito, está marcada para segunda-feira (22), na Prefeitura. A expectativa é que a LOA seja votada no dia 24, quarta-feira. Com o entendimento, Wladimir afirmou que é possível garantir a folha de pagamento dos servidores, repasses a instituições filantrópicas e retoma a da programação neste fim de semana no Farol.

Marquinho e Wladimir ressaltaram que foi necessário que as duas partes cedessem para chegar a um acordo. Em determinado momento da reunião, foi necessário inclusive, fechar a reunião para o prefeito e o presidente da Câmara, com seus respectivos procuradores, para que a conversa não colocasse em risco o acordo que vinha caminhando bem. Isso porque, à mesa, também estavam secretários do governo.  Segundo Marquinho, o encontro foi importante para restabelecer uma relação respeitosa entre os chefes dos Poderes Executivo e Legislativo. “O mais importante foi o entendimento. Eu acho que o respeito voltou, não só entre dois pais de família, mas entre dois líderes de Poder em Campos. Não foi só entre eu e ele, acho que todos os vereadores tiveram embates acalorados devida essa preocupação da LOA. Estamos no caminha certo para encontrar essa solução”, ressaltou Marquinho.

100

Prefeito e presidente da Câmara destacaram a postura receptiva de ambos para o acordo. Em ata, relatou Wladimir, ficou consignado que a votação da LOA vai acontecer ainda este mês. Na prática, a expectativa é que a votação ocorra na próxima semana. “Chegamos a um bom termo. Dentro de qualquer acordo, os lados têm que ceder. A Prefeitura fez aquilo que lhe cabia, dentro do que a gente concorda que é correto. A Câmara entendeu o nosso lado e também cedeu, cedeu até bastante, é importante que se reconheça isso aqui. Se tudo der certo, e acredito que vai dar, a LOA pode ser votada na próxima semana, no dia 24”, disse Wladimir, confirmando que com a aprovação na próxima quarta, não haverá atrasos de pagamentos nem risco de suspensão de serviços.

About The Author