Projeto de reposição salarial do servidor ainda não chegou à Câmara de Campos

Projeto de reposição salarial do servidor ainda não chegou à Câmara de Campos
  • Publishedjulho 4, 2023

O projeto de lei para autorização da reposição salarial do servidor de Campos, anunciado (aqui) pelo prefeito Wladimir Garotinho (sem partido) na última terça-feira (27), não foi enviado à Câmara. Foi o que garantiu o presidente da Casa, Marquinho Bacellar (SD), no fim da manhã desta terça (04). Marquinho descartou a possibilidade de votação de logo mais. Existe a expectativa de votação ainda neste mês.

— O projeto ainda não chegou. Nós estamos discutindo no momento com muita dedicação a questão da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) do próximo ano, para garantir direitos ao servidor e aposentados — destacou Marquinho.

100

Ao anunciar o reajuste parcelado do servidor, que chegará a 10%, valendo para 2023 e 2024, Wladimir falou que o projeto seria enviado à Câmara em regime de urgência. E que teria que ser logo aprovado neste mês, para que a Prefeitura tivesse tempo hábil para efetuar a recomposição da primeira parcela na folha de agosto. “Nós temos data para pagar, que é em agosto. Se não aprovar na Câmara eu não posso conceder, hein, sindicato. Vocês não faziam barulho aqui na porta da Prefeitura, vá para porta da Câmara agora (risos). Mas vai aprovar”, disse o prefeito na coletiva da terça passada.

About The Author