PRE pede cassação de Bruno Vianna e Nildo Cardoso por candidaturas laranjas

PRE pede cassação de Bruno Vianna e Nildo Cardoso por candidaturas laranjas
  • Publishedmarço 7, 2023

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) opinou pela cassação dos vereadores Bruno Vianna (hoje, PSD) e Nildo Cardoso (hoje, União), em um processo que acusa o uso de candidaturas femininas “laranjas” no pleito de 2020, quando ambos eram do PSL. A decisão caberá ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Em primeira instância, eles foram absolvidos em fevereiro do ano passado. O processo também era direcionado ao DEM, que tinha como eleitos Marcione da Farmácia (União) e Rogério Matoso (União).

100

Na opinião da PRE, a sentença deve ser mantida em relação a Marcione e Matoso, sem novo julgamento de cassação de mandato.

O blog fez contato com Bruno e Nildo, que ainda vão consultar suas assessorias jurídicas antes de um posicionamento.

Além da cassação, a PRE também pede que os políticos fiquem inelegíveis por oito anos, a contar do pleito de 2020. A sanção valeria não só para os eleitos, mas também para as duas candidatas que a PRE considera como “laranjas”.

About The Author

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *