Contas de Rafael: tendência de aprovação, mas votos ainda não estão fechados

Contas de Rafael: tendência de aprovação, mas votos ainda não estão fechados
  • Publishedabril 5, 2023

Após a aprovação (aqui) das contas da ex-prefeita Rosinha Garotinho (União) e com a vigência do acordo de pacificação — firmado entre o prefeito Wladimir Garotinho (sem partido) e o presidente da Alerj, Rodrigo Bacellar (PL) —, a tendência parece ser de aprovação das contas do ex-prefeito Rafael Diniz (Cidadania). O julgamento acontece na sessão desta quarta-feira (05), a partir das 17h. No entanto, assim como Rosinha, para reverter o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que é pela reprovação, são necessários 17 votos.

A base de Wladimir na Casa já garantiu cinco votos a favor de Rafael. Contudo, na oposição/independentes, ainda não há certeza de que os 12 votarão para aprovar as contas do ex-prefeito. Cinco integrantes do grupo, aliás, teriam apresentado forte resistência.

100

Como na política tudo pode mudar a todo tempo, a base de Wladimir continua trabalhando, nos bastidores, para ampliar os votos a favor de Rafael. E já teria algumas opções flexíveis, se for necessário. Do outro lado, um telefonema do aniversariante do dia, o deputado Rodrigo Bacellar — que é líder político do grupo capitaneado por Marquinho Bacellar (SD) na Câmara de Campos —, pode pesar na avaliação dos nomes resistentes entre os vereadores de oposição/independentes.

Wladimir e Rodrigo, assim como alguns vereadores, defendem que não se reprova contas de políticos, a não ser que seja comprovado dolo em desvio de recursos públicos. O que ambos os grupos políticos avaliam não ter acontecido no caso de Rosinha, nem no de Rafael.

Na Câmara, o novo parecer da Comissão de Finanças e Orçamento, como também ocorreu com Rosinha, é pela aprovação, a despeito da orientação do TCE. Pela análise da Corte de Contas, o relatório de Rosinha somava sete irregularidades; no caso de Rafael, são cinco.

About The Author

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *