Carla Machado: “Toda campanha os adversários dizem que não posso ser candidata; no final, sempre sou”

Carla Machado: “Toda campanha os adversários dizem que não posso ser candidata; no final, sempre sou”
  • Publishednovembro 5, 2023

A deputada estadual Carla Machado (PT) não demostrou preocupação com a condenação em segunda instância revelada mais cedo pelo Tribuna NF (aqui), já que ainda cabe recurso. Neste domingo (05), a ex-prefeita de São João da Barra destacou, apenas, que desde 2008 seus adversários políticos ventilam que ela não pode ser candidata em todos os pleitos que disputou (no caso, três vezes a prefeita, todos com êxito, e duas vezes a deputada estadual, tendo vencido a segunda). “Toda época de campanha eleitoral os adversários falam que não posso ser candidata, vêm com essa história. No final, todos sabem, saio candidata. Transferi meu título para Campos recentemente e isso causou muito burburinho”, disse.

O caso comunicado pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) à Justiça Eleitoral é relacionada a supostas irregularidades em contrato com Instituto do Bem Estar Social e Promoção à Saúde (Inbesps) e o município de SJB, nos anos finais do primeiro dos quatro mandatos da atual deputada estadual à frente da Prefeitura.

100

Carla ainda lembrou que as denúncias foram superadas em primeira instância junto à Justiça Federal e o Tribunal de Contas do Estado (TCE). Porém, de a ação ser julgada improcedente na Justiça Federal de Campos, o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União recorreram. A decisão do TRF-2 não foi unanime, mas por maioria reformou a sentença.

Os advogados da atual deputada já recorreram na tentativa de sanar a irregularidade.

Pré-candidata — O nome de Carla Machado figura entre os possíveis candidatos a prefeito de Campos em 2024. Há dúvidas quanto a tese do “prefeito itinerante”, já que ela foi reeleita para um mandato de prefeito em 2020, no município vizinho. No entanto, alguns advogados defendem que o caso é atípico, já que Carla renunciou ao mandato em 2022, participou e venceu a disputa a deputada estadual. Em todo caso, como disse a ex-prefeita sanjoanense, só o fato de ela transferir o título eleitoral para Campos a um ano das eleições (aqui), já causou burburinho nos bastidores da política.

About The Author

2 Comments

Comments are closed.